Tinto Reserva 2013

DENOMINAÇÃO

Vinho Regional Alentejano

CASTAS

Alicante Bouschet, Aragonez, Syrah, Petit Verdot e Cabernet Sauvignon

VINHA

Plantada em solos argilo-calcários numa ligeira encosta exposta a sul, com as linhas orientadas a norte-sul. Explorada de forma sustentável ao abrigo do programa de Produção Integrada – PRODI.

VINIFICAÇÃO

Uvas colhidas manualmente durante a madrugada e manhã para pequenas caixas. Fermentação alcoólica a temperatura controlada e maceração pré-fermentativa a frio. Fermentação malolactica parcialmente em barrica, seguida de estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês, sendo 20% em barricas novas. Posterior estágio em garrafa durante 8 meses.

ENGARRAFAMENTO

Julho de 2015

CONSUMO

Pela sua intensidade aromática, robustez, frescura e juventude pode ser consumido ainda jovem. No entanto, a sua capacidade de evolução permite que seja apreciado após um período de guarda, ao longo do qual adquire complexidade e desenvolve o seu bouquet.

ANÁLISE

Teor alcoólico | 14,5% vol.
Acidez Total (g/dm3) | 5,4
Acidez Volátil (g/dm3) | 0,62
Açúcar residual (g/dm3) | 0,6
pH | 3,61

NOTA DE PROVA

De cor vermelha opaco e tonalidade violeta, com um aroma complexo, predominando o floral e frutos vermelhos maduros integrados com notas a especiarias e tostadas. Apresenta-se volumoso e concentrado na boca, com taninos firmes e redondos. Final longo e fresco, com a fruta bastante presente.

Tinto Reserva 2012

DENOMINAÇÃO

Vinho Regional Alentejano

CASTAS

Alicante Bouschet, Aragonez, Syrah, Petit Verdot e Cabernet Sauvignon

ÁREA DE VINHA

25 hectares

VINHA

Plantada em solos argilo-calcários numa ligeira encosta exposta a sul, com as linhas orientadas a norte-sul. Explorada de forma sustentável ao abrigo do programa de Produção Integrada – PRODI.

VINIFICAÇÃO

Uvas colhidas manualmente durante a madrugada e manhã para pequenas caixas. Fermentação alcoólica a temperatura controlada e maceração pré-fermentativa a frio. Fermentação malolactica parcialmente em barrica, seguida de estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês, sendo 20% em barricas novas. Posterior estágio em garrafa durante 8 meses.

ENGARRAFAMENTO

Julho de 2014

PRODUÇÃO

7 466 garrafas

CONSUMO

2015 • 2017
Pela sua intensidade aromática, robustez, frescura e juventude pode ser consumido ainda jovem. No entanto, a sua capacidade de evolução permite que seja apreciado após um período de guarda, ao longo do qual adquire complexidade e desenvolve o seu bouquet.

ANÁLISE

Teor alcoólico | 14,5% vol.
Acidez Total (g/dm3) | 5,7
Acidez Volátil (g/dm3) | 0,66
Açúcar residual (g/dm3) | 1,2
pH | 3,8

NOTA DE PROVA

De cor vermelha opaco e tonalidade violeta, com um aroma complexo, predominando o floral e frutos vermelhos maduros integrados com notas a especiarias e tostadas. Apresenta-se volumoso e concentrado na boca, com taninos firmes e redondos. Final longo e fresco, com a fruta bastante presente.

SEJA RESPONSÁVEL. BEBA COM MODERAÇÃO.